top of page
Buscar

Escolher o calçado certo vai além do estilo; é uma decisão crucial para a saúde dos pés. Calçados com solados finos, como sapatilhas ou chinelos, podem oferecer pouco suporte e amortecimento, colocando uma pressão excessiva nas articulações.



Calçados com solados finos, podem oferecer pouco suporte e amortecimento, colocando uma pressão excessiva nas articulações.
Calçados com solados finos, podem oferecer pouco suporte e amortecimento, colocando uma pressão excessiva nas articulações.


Por outro lado, solados mais robustos e rígidos desempenham um papel vital na proteção das articulações dos pés. Eles distribuem uniformemente o impacto ao caminhar, reduzindo o estresse nas articulações e prevenindo desconfortos e dores a longo prazo.


Enquanto o acolchoamento interno pode proporcionar conforto, é o solado que desempenha um papel crucial na manutenção da saúde dos pés. Um pequeno salto de até 4 cm pode ser benéfico para quem enfrenta condições como fascite plantar e tendinite de Aquiles, proporcionando um suporte adicional. Portanto, ao escolher calçados, dê atenção especial ao solado, garantindo um equilíbrio adequado entre conforto e saúde para seus pés.

16 visualizações0 comentário

Ao passar longos períodos sentado, a postura adequada é crucial para prevenir desconfortos e dores na coluna. Mantenha os pés apoiados no chão, os joelhos alinhados com os quadris e a coluna reta.



Dores na coluna, podem ser evitados.
Dicas para cuidar da sua coluna.

Evite cruzar as pernas por muito tempo, pois isso pode causar desalinhamentos. Use uma cadeira com bom suporte lombar ou adicione uma almofada para manter a curva natural da sua coluna. Lembre-se de fazer pausas curtas para levantar, esticar e manter a circulação.






Com pequenos ajustes na sua postura, você contribui para a saúde da sua coluna a longo prazo. Essas práticas simples podem fazer uma grande diferença no seu conforto diário e prevenir problemas futuros.


18 visualizações0 comentário

A relação médico-paciente é de extrema importância, mas enfrenta desafios no cenário atual. Médicos muitas vezes se veem pressionados a preencher suas agendas devido à baixa remuneração de convênios e ao alto número de pacientes que faltam às consultas. Essa pressão por alta demanda, por vezes, resulta em atrasos nas consultas, o que pode afetar a qualidade da relação médico-paciente.





O médico, frequentemente, se esforça para acomodar consultas em um curto período de tempo, o que, por sua vez, causa atrasos que afetam toda a agenda. Esses atrasos podem resultar em insatisfação por parte dos pacientes, que se sentem desconfortáveis com o tempo de espera. Reconhecer esses desafios é o primeiro passo para buscar soluções que valorizem e fortaleçam a relação médico-paciente. A comunicação aberta e a compreensão mútua são essenciais para superar essas dificuldades e fortalecer essa parceria fundamental para a saúde.

21 visualizações0 comentário
Doutor Rafael Bispo - Ortopedista e Hipnoterapeuta

Ortopedia

bottom of page